ESCOLHENDO UM COMPANHEIRO DE CHAPA: SELEÇÃO DE CANDIDATOS À VICE-PRESIDÊNCIA

Palabras clave: eleições, Brasil, estudos presidenciais, vice-presidência, seleção de candidato

Resumen

Acontecimentos recentes têm atraído a atenção sobre a vice-presidência. Nisso está o debate entorno da seleção de candidato para o cargo. Nos regimes presidencialistas, o candidato a vice-presidente concorre na fórmula presidencial. Apesar de ser um instituto amplamente adotado na América Latina, há poucos trabalhos sobre esse tema. Dada essa ausência, este estudo investiga os critérios e as estratégias de seleção de candidatos à vice-presidência no Brasil pós-redemocratização. O objetivo é verificar se os critérios e as estratégias presentes no referencial teórico são aplicáveis ao caso brasileiro. Os achados indicam que os selecionadores procuram candidatos que possam auxiliar eleitoralmente a fórmula, mas que tenham, também, habilidade governativa para auxiliar o futuro presidente. Em específico, são escolhidos os candidatos com extensa carreira política, vindos de estados populosos, que equilibrem regionalmente com o candidato à presidência e que sejam de outra geração etária

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2020-12-22
Cómo citar
Lopes, A. (2020). ESCOLHENDO UM COMPANHEIRO DE CHAPA: SELEÇÃO DE CANDIDATOS À VICE-PRESIDÊNCIA. Revista Uruguaya De Ciencia Política, 29(2), 85-112. Recuperado a partir de http://rucp.cienciassociales.edu.uy/index.php/rucp/article/view/466